/ Portal educacao / Blog do portal / Resenha o que Г© psicologia social silvia lane

Resenha Crítica – O que é, Estrutura e Dicas ao Fazer



Consiste em um texto elaborado com o objetivo de resumir o objeto de estudo (livros, filmes , apresentações artísticas etc.) ao fazer uma análise crítica sobre ele, mencionando aspectos positivos e negativos.

Resenha crítica: o que é, como fazer, formatação e modelos

Antes de começar a resenha crítica , é recomendável pesquisar sobre o autor da obra, já que informações básicas sobre ele já ajudam a compreender melhor a abordagem de pensamento utilizada, relevância do autor e pontos a serem comparados com outras obras.

Resenha | O que é lugar de fala? | Djamila Ribeiro

A última etapa da resenha crítica é apontar o nome de quem a fez assim como o curso acadêmico ao qual pertence e instituição de ensino. Ex.: “Acadêmico do Curso de Jornalismo da Universidade de São Paulo (USP). ”

Resenha Crítica. O que é, e como fazer? | Busco Aprender

Título: A Parte Que Falta
Autor: Shel Silverstein
Editora: Companhia das Letrinhas
Gênero: Infantil
Número de páginas: 667
SKOOB

Resenha é uma abordagem para a construção de relações entre as propriedades de um determinado objeto, analisando-o , descrevendo-o e enumerando aspectos considerados relevantes sobre ele. Resenha também é um texto que serve para apresentar outro, que seja desconhecido do leitor.

A resenha crítica é um dos itens mais solicitados no Ensino Médio, graduação e até mesmo nos cursos de Mestrado e Doutorado. Para saber do que ela se trata e como elaborá-la, confira nosso post.

Para fazer uma boa resenha crítica é fundamental se mostrar disponível para ler ou assistir a obra inteira, seja ela um filme, um livro ou uma palestra. No entanto, a leitura precisa ser rápida para conhecer melhor o seu objeto de estudo. Portanto, deixe as anotações para depois e apenas se concentre na leitura.

Nessa parte é necessário mencionar o autor da obra resenhada (não o autor da resenha). É recomendável colocar breves informações sobre outras obras do pesquisador/escritor da obra assim como outros itens como formação acadêmica, áreas de atuação etc.

Em O que é lugar de fala?, Djamila nos ajuda a compreender os pontos importantes do conceito lugar de fala e as implicações deste.  Antes de falar propriamente do conceito, a autora apresenta uma perspectiva histórica do feminismo negro para que o leitor possa ter uma compreensão mais ampla das questões que envolvem grupos marginalizados. Para isso, autora buscou embasamento teórico em intelectuais como  Patricia Hill Collins, Grada Kilomba, Lélia Gonzalez, Luiza Bairros, Sueli Carneiro.

A imparcialidade deve ser usada na hora de escrever o texto, deixando a paixão de lado e criticando a obra como dever ser. Os aspectos positivos e negativos devem ser pontuados, sem precisar defender nenhum lado, deixando de lado a amizade, opinião dos professores e colegas e imposição de editoras.

Quem está fazendo a resenha deve demonstrar uma visão abrangente, buscando abordar a obra com responsabilidade, ética e bons posicionamentos teóricos.

Li uma resenha recentemente sobre esse mesmo livro e a resposta foi bem positiva, como a sua.
Apesar de eu mesma não o ter lido, considerando o tema, acho muito importante que esse livro tenha tantas respostas positivas.
Ainda melhor que, apesar de ser um conteúdo acadêmico, sua escrita seja acessível aos 8775 leigos 8776 .

No jornalismo , resenha é utilizado como forma de prestação de serviço, é um texto de origem opinativa que reúne comentários de origem pessoal e julgamentos do resenhador sobre o que está sendo analisado. O objeto da resenha pode ser de qualquer natureza: um filme, livro, álbum, peça de teatro ou até mesmo um jogo de futebol, e pode ser uma resenha descritiva ou crítica. Para apresentar uma resenha é importante dar uma ideia resumida dos assuntos tratados, apresentar o maior número de informações sobre o trabalho, para dar ao leitor os requisitos mínimos para que ele se oriente.

Antes de começar a escrever uma resenha crítica, alguns cuidados precisam ser tomados para que você apresente um trabalho com qualidade. Seguindo esses passos, será mais fácil atingir uma nota com excelência.

O primeiro passo para a elaboração dessa resenha é apontar os dados bibliográficos básicos do livro, artigo, filme ou demais objetos analisados.

Sinopse:  Com sua poesia hábil e sensível, Silverstein aborda neste livro a busca do autoconhecimento e da completude. A metáfora se dá por meio da história de um ser circular a quem falta uma parte. Otimista, ele se lança no mundo à procura de preencher esta lacuna. À medida que descobre o universo ao redor – e também a si mesmo –, percebe que as relações interpessoais são muito mais complexas e delicadas do que pensava e que a felicidade quase sempre está dentro de nós mesmos – e não no outro. Uma prova de que a liberdade é o maior bem que podemos possuir.

Nessa etapa é necessário recomendar o objeto de análise para aquelas pessoas a quem ele será mais útil, baseando-se em elementos como idade, escolaridade, renda, fatores pedagógicos ou sociais etc.

Olá!
Parece ser uma história com bastante pontos para reflexão sobre questões da sociedade com temas bem atuais. E só isso me deixa com vontade de realizar a leitura. Talvez por ser uma leitura mais intensa no momento vou deixar a dica anotada, mas quero ler em breve.
Beijos!

Eu estava ansiosa para ler O que é lugar de fala?, livro da filósofa e feminista  Djamila Ribeiro,  e poder entender melhor o termo lugar de fala. Esse é um conceito muito usado pela militância de movimentos feministas, negros, LGBT em discussões nas redes sociais. Eu confesso que às vezes me sinto confusa, sem entender bem o significado. Depois da leitura entendi o motivo.

Verifique a possibilidade de buscar outras fontes de consulta para fazer algumas comparações. Somente após esse processo é que você deve começar a escrever a resenha crítica. Todavia, não ultrapasse mais que 77 horas para começar a desenvolver o texto para não esquecer tudo o que você leu e o que absorveu do conteúdo.

Olá!
Apesar de achar o tema desse livro bem interessante, confesso que o meu interesse em o ler não é muito, pois a forma como ele é escrito não me chama atenção (como texto científico). Mas acho bem legal para quem gosta e saber que livros assim estão ganhando espaço é bem legal também.

Literamaníaca, seriemaníaca. Mãe de dois Dragões. Em metamorfose. Rezo para os deuses novos e antigos. Minhas jornadas são nas estrelas. A força está comigo. Não sei se tudo isso é verdade, só sei que foi assim.

Quando falamos de direito à existência digna, à voz, estamos falando de locus social , de como esse lugar imposto dificulta a possibilidade de transcendência. Absolutamente não tem a ver como uma visão essencialista de que somente o negro pode falar sobre racismo, por exemplo.

Segunda resenha que eu encontro sobre este livro e estou vendo que terei que dar uma chance para a leitura.
Adoro essa discussão e acho essencial inclusive.
Já vou buscar e adicionar na lista de desejados 8

Gosta de escrever desde que se entende por gente. Já rabiscou algumas letras de músicas, inventou histórias mirabolantes, confessou segredos “cabulosos” em diários e arriscou alguns poemas que estão rascunhados em algum caderno por aí. Comunicativa, decidiu cursar publicidade e propaganda para ficar ainda mais perto de sua paixão: escrever. Também fez curso de maquiador profissional e descobriu seu talento com os pincéis. Sempre cheia de ideias criativas, resolveu começar um Blog do qual não pretende abandonar jamais.

O que é lugar de fala? é um livro indicado para quem iniciando nos estudo sobre feminismo, feminismo negro, racismo, LGBT, grupos minoritários.

Evite entrar em detalhes que não sejam relevantes a obra. Concentre seu trabalho apenas naquilo que é importante do livro, filme ou artigo. Portanto, priorize somente o essencial para o leitor se manter preso ao seu texto.

Portanto, a resenha crítica não deixa de ser um texto puramente informativo, mas com detalhes que destacam a opinião de quem fez a resenha. O trabalho é bastante solicitado no ambiente acadêmico.

Depois de fazer a leitura e a releitura da obra é hora de parar para pensar sobre tudo o que você leu e absorveu do conteúdo. Sendo assim, reveja todas as suas anotações e procure formar uma opinião sobre o assunto.

Agora que você já sabe como fazer uma resenha crítica, escolha a obra da qual irá escrever, estude bastante, leia todo o livro, filme ou artigo e se inspire nos modelos que disponibilizamos neste artigo.

Feito este resumo, é o momento de colocar a opinião quanto ao objeto analisado. Recomenda-se que essa argumentação seja feita de forma comparativa, com base em teorias dos autores mais relevantes sobre o assunto ou também utilizando explicações dadas pelos professores em sala de aula. De forma geral, para fazer essa análise crítica basta utilizar no máximo 8 parágrafos.

Uma das melhores formas de enriquecer uma resenha é fazer referência de um ou mais autores que apresentam pensamento semelhante ou oposto ao do autor da obra a ser resenhada. Isso facilita a sustentação ou oposição às ideias de maneira imparcial e bem fundamentada.

Para deixar o seu texto bem estruturado, o ideal é seguir um passo a passo. Com isso, a resenha crítica será apresentada de forma completa. Veja o passo a passo que separamos para você seguir.

O que é lugar de fala? é uma edição é em formato de bolso e segue uma estrutura de artigo cientifico, um ponto que pode incomodar ou dificultar a leitura para algumas pessoas. Eu não tive dificuldade, pois apesar de ter essa estrutura acadêmica, a linguagem é clara, simples, cuidadosamente escrita para facilitar a compreensão. O que é lugar de fala?  faz parte da série Feminismos plurais. Outros livros da série já publicados são: O que é encarceramento em massa? , O que é empoderamento?.

A resenha crítica é um texto que deve ser escrito de forma objetiva para resumir uma obra, filme ou artigo. No entanto, para que o documento seja válido, você precisa fazer uma análise crítica sobre ele, sem deixar de mencionar seus aspectos positivos e negativos.

Com todas essas informações de como fazer uma resenha crítica é possível tirar excelentes notas e aplicar esse conceito na vida profissional.

Toda resenha precisa ser um texto muito bem escrito, apresentando um bom vocabulário, sendo impessoal, imparcial, mantendo a concisão e a clareza, privilegiando o essencial, além de ser algo simples e objetivo.

Resenha de livros é uma forma de crítica literária , em que um livro é analisado com base no conteúdo, estilo e mérito. Muitas vezes, a resenha é realizada em periódicos, como escola, trabalho ou online, essa revisão contém avaliações do livro com base no gosto pessoal.

Para iniciar uma resenha crítica você precisa responder alguns questionamentos que vão lhe dá embasamento para começar a escrever o texto. Separamos algumas perguntas que são importantes para você responder, mas entenda que isso é apenas uma sugestão.

Essa etapa da resenha envolve mencionar a divisão do livro ou artigo em seções ou capítulos, apontar o foco narrativo da obra e mencionar o número de páginas.

Se você está se preparando para fazer uma resenha crítica, saiba que o trabalho não é difícil, apenas exige esforço e dedicação do aluno. Juntamos neste artigo algumas informações importantes para você aprender a fazer uma resenha crítica com excelência.

Como qualquer trabalho acadêmico, a resenha crítica deve obedecer a uma formatação padrão dentro das normas da ABNT. Confira como formatar a sua resenha crítica.

A conclusão de uma resenha crítica é o campo onde você precisa fazer a sua avaliação geral sobre o livro, filme ou artigo que serviu de parâmetro para escrever o texto da resenha.

Portanto, avalie se para você o autor da obra conseguiu suprir as necessidades, atingindo os objetivos propostos. Além disso, escreva se o livro, filme ou artigo contribuiu para a área de conhecimento que você está estudando.

Muitos acadêmicos esquecem de reservar um tempo extra para revisão ao finalizar a resenha. É indicado evitar isso. A etapa da revisão é tão importante quanto a elaboração do texto, fazendo com que o autor consiga melhorar os posicionamentos adotados.

•  RESENHA: Sempre Faço Tudo Errado Quando Estou Feliz.
• RESENHA: O Diário do Erasmo.
•  RESENHA: Planeta Brutal.
• 5 Motivos para ler A Parte Que Falta.

Quando você fizer a primeira leitura, não ache que já entendeu tudo porque podem ter elementos que passaram despercebidos. Portanto, use a releitura para observar os aspectos mais pontuais da obra, aquele tópico com maior relevância.

O que eu mais gostei nessa leitura é que a gente consegue perceber que a autora não é extremista. A leitura é um diálogo. Djamila não quer de forma nenhuma impor verdade universais. No mesmo instante a gente consegue sentir uma real vontade de dar vozes a grupos historicamente marginalizados, romper com hierarquias, sem com isso impedir de que outras vozes falem.

  • »COMUNICADO
  • Sociologia contemporГўnea e as questГµes da violГЄncia ;Sociology;Term paper
  • Ampliação da empresa do ramo alimentГ­cio - QBarato”.
  • Atividades lúdicas como um diferencial contra
  • PIM: Como fazer o Projeto Integrado Multidisciplinar
  • Como no Sudeste, cidades do Mato Grosso correm risco de
  • Elaboração de uma peГ§a processual cabГ­vel em uma situação hipotetica
  • Lugol e seus benefícios - Um guia definitivo - Nutrição e
  • ProfissГЈo Docente: o que Г© ser professor?”, de Thamiris Christine Mendes e Ana LГєcia Pereira Baccon
  • Plataforma e serviços de computação em nuvem do Microsoft