/ Portal educacao / Diferente / O estudo da morfologia da insuficiencia renal

Estudo da bíblia sobre: “Se o teu olho te faz pecar



Fonte: Oliveira, N. R. Wykrota, J. L. M. Thomaz, S. P. Sousa, V. Ciê ncias: descobrindo o ambiente 5º ano. Sã o Paulo 8º ediç ã o, 7558.

Portal do Professor - O estudo da perspectiva em obras de arte

B - Fazer um furo no meio de uma das paredes da mangueira A. Encaixar uma das extremidades da mangueira B nesse furo. Vedar com fita adesiva.

Ismart - Transformamos talentos em protagonistas do futuro

A eletricidade é a parte da Física que estuda fenômenos associados às cargas elétricas. Os estudos na área são divididos em: eletrostática, eletrodinâmica e eletromagnetismo

FisicaNET - O site da Física | Prof. Alberto Ricardo Prass

Desenho em perspectiva no ensino fundamental – consideraç õ es sobre uma experiê ncia. Disponí vel em: http:/// , acesso em 85 de agosto de 7565.

A ê nfase deve ser no olhar os só lidos em diferentes posiç õ es, durante a rotaç ã o.

Professor, é importante que os alunos percebam que a ê nfase está na visualizaç ã o, ou seja, do ponto que se faz a observaç ã o.

Um instituto que dá acesso a educação de excelência e
abre as portas para jovens talentos sonharem mais alto e chegarem mais longe.

Assim, podemos definir perspectiva como a arte de representar em um papel de duas dimensõ es (bidimensional), um objeto de trê s dimensõ es (tridimensional). Essa té cnica de representaç ã o pictó rica se desenvolveu a partir do sé culo XV, por artistas italianos. Nela, quanto mais distante o objeto estiver do observador, menor será a representaç ã o da sua figura e mais distante da base inferior da tela, que corresponde ao primeiro plano de representaç ã o. A linha do horizonte corresponde à altura dos olhos do observador. Chamamos horizonte, o lugar em que os objetos se “perdem” ao se afastar progressivamente do observador.

Se você se colocar atrá s de uma janela envidraç ada e, sem se mover do lugar, riscar no vidro o que está vendo atravé s da janela , terá feito uma perspectiva a perspectiva é a representaç ã o grá fica que mostra os objetos como eles aparecem a nossa vista, com trê s dimensõ es. Existem diferentes mé todos para desenhar em perspectiva, os quais produzem diferentes resultados.

E - Passar a montagem por dentro da garrafa até que a extremidade livre da mangueira B atravesse o furo da tampa. Vedar com fita adesiva.

O sistema respirató rio humano é constituí do por um par de pulmõ es e por vá rios ó rgã os que conduzem o ar para dentro e para fora das cavidades pulmonares. Esses ó rgã os sã o as fossas nasais, a boca, a faringe, a laringe, a traqué ia, os brô nquios, os bronquí olos e os alvé olos, os trê s ú ltimos localizados nos pulmõ es.

A avaliaç ã o deverá ser diagnó stica, processual e continua, ou seja, realizada ao longo de todas as aulas.

A Teoria da Relatividade é a denominação dada ao conjunto de duas teorias científicas publicadas por Einstein: a Relatividade Restrita (ou Especial) de 6955 e a Relatividade Geral de 6965.

A perspectiva isomé trica é a que dá a ideia menos deformada do objeto. Essa perspectiva manté m as proporç õ es do comprimento, da largura e da altura do objeto representado. Possui as trê s faces oblí quas ao plano de trabalho inclinadas a 85o da horizontal.

Professor, apresente aos alunos a animaç ã o: Los só lidos plató nicos, disponí vel em: http:///handle/mec/5567 , acesso em 65 de setembro de 7565. Essa animaç ã o apresenta os poliedros platô nicos em uma rotaç ã o, com faces transparentes, para que o aluno tenha perspectiva a partir do interior do poliedro, ao mesmo tempo que possibilita mudar o â ngulo de observaç ã o do só lido.

Fica a crité rio do/a professor/a a interrupç ã o parcial dos ví deos para a discussã o de algumas cenas. Essa estraté gia possivelmente será mais proveitosa se a turma demonstrar, mediante comentá rios espontâ neos, maior interesse em determinadas passagens. Outra possibilidade é a exibiç ã o completa do ví deo seguida da discussã o.

OBS: O/a professor/a deve ficar atento com possí veis equí vocos, cabendo a ele/a imediatamente interferir e posicionar os/as alunos/as em relaç ã o à construç ã o e ao desenvolvimento do experimento. Vale destacar que o experimento pode ser feito no laborató rio de Ciê ncias, mas, caso a escola nã o disponha desse recurso, o/a professor/a pode reunir os grupos e trabalhar com os/as alunos/as nas mesas do pá tio ou na quadra esportiva da escola.

Acordei hj e m veio essa palavra por isso vim ver o q realmente significava muito bm explicado o estudo gostei obgd Deus t abnçoe.

A entrada da laringe chama-se glote. Acima dela existe uma espé cie de “lingueta” de cartilagem denominada epiglote, que funciona como vá lvula. Quando nos alimentamos, a laringe sobe e sua entrada é fechada pela epiglote. Isso impede que o alimento ingerido penetre nas vias respirató rias.

Concluímos este breve estudo da bíblia enfatizando que as palavras de Jesus em Mateus 5:79 e 85 nos ensinam a ficarmos longe de coisas que podem nos levar a pecar.


O Ismart conta com uma extensa rede de parceiros para realizar o trabalho de transformar talentos em protagonistas do futuro.

Um homem chegou a uma cidadezinha nas montanhas e precisava ir para o alto de uma montanha rochosa para se hospedar. Para chegar lá precisaria pegar um taxi. Ele percebeu que o caminho era perigoso e estreito. Então, ele se dirigiu a um taxista e perguntou o quão bem ele dirigia. O taxista disse que conseguia dirigir a 75 cm do penhasco sem cair e chegava ao destino desejado em vinte minutos. O turista achou melhor procurar outro taxista. Ao fazer a mesma pergunta para o segundo taxista, este disse que conseguia dirigir a 65 cm do penhasco sem cair e levaria 65 minutos. O turista continuou assustado, procurou mais um taxista e voltou a perguntar, “O quão bem o senhor dirige?” O taxista lhe respondeu “Eu me mantenho mais longe possível do penhasco e chego ao destino em 95 minutos”. O turista entrou no carro e seguiu com segurança até o alto da montanha.

A perspectiva cô nica foi desenvolvida pelos artistas da Renascenç a, sendo depois matematizada, dando origem à Geometria Projetiva.

Estas considerações foram muito úteis para mim. Estou vivendo uma situação em que mesmo que faça alguem sofrer , tenho que me livrar do pecado.

De muitos estudos que eu já li na internet , esse foi muito abençoador. Texto simples , sucinto , direto e coeso. Parabéns !

Cada bronquí olo termina em pequenas bolsas formadas por cé lulas epiteliais achatadas (tecido epitelial pavimentoso) recobertas por capilares sangü í neos, denominadas alvé olos pulmonares.

O uso da perspectiva matemá tica e o domí nio do espaç o real e imaginá rio. Disponí vel em: http:///htem9/papers/ , acesso em 85 de agosto de 7565.

Balcã o - Perspectiva e distorç ã o - Fonte: http:///Gallery/back-bmp/

No ensino o que se pretende é que o aluno atribua aos novos conhecimentos, veiculados pelos materiais de aprendizagem, os significados aceitos no contexto da matéria de ensino, mas isso normalmente depende de um intercambio, de uma "negociação", de significados, que pode ser bastante demorada. Descubra como ensinar e como aprender Física.

Traqué ia: é um tubo de aproximadamente 6,5 cm de diâ metro por 65-67 centí metros de comprimento, cujas paredes sã o reforç adas por ané is cartilaginosos. Bifurca-se na sua regiã o inferior, originando os brô nquios, que penetram nos pulmõ es. Seu epité lio de revestimento muco-ciliar adere partí culas de poeira e bacté rias presentes em suspensã o no ar inalado, que sã o posteriormente varridas para fora (graç as ao movimento dos cí lios) e engolidas ou expelidas.

O que vamos ressaltar neste breve estudo da bíblia, é que ao falar que temos que cortar o olho de nos faz pecar, Jesus está nos traz um conhecimento mais profundo do que o fato de cortar um membro que nos faz pecar ele nos ensina a evitar aquilo que pode nos fazer pecar. Ter olhos, ter mãos, não é o que nos faz pecar. Pecamos por que temos estes membros e a usamos para o que não é bom. Da mesma forma, temos manias, gostamos de coisas, que podem não ser pecado em si, mas pode nos levar a pecar.

Utilizamos regras geomé tricas de projeç ã o, assim, a imagens possibilitam a percepç ã o de uma realidade tridimensional.

O exemplo seguinte apresenta uma perspectiva cavaleira. A face do só lido que observamos frontalmente aparece sem deformaç õ es a face superior, possivelmente um retâ ngulo, torna-se um paralelogramo, o que mostra a preservaç ã o do paralelismo també m se preservam pontos mé dios de segmentos. Tem-se a impressã o de que o objeto retratado é visto de longe.

Cabe ao/a professor/a apresentar no quadro as questõ es abaixo para que os/as alunos/as respondam em grupo (o mesmo grupo da construç ã o do experimento) por escrito em uma folha de caderno ou semelhante e posteriormente faç am uma discussã o coletiva.

Infelizmente isso vai sempre acontecer o que vc pode fazer e resistir ao diabo e ele fugira de vos, e combater o bom combate e guardar a fé, se vc tiver sempre vigilante e sempre se arrepender dos seus erros, vc está no caminho certo, Davi foi um homem segundo os olhos de Deus, mas mesmo assim ele pecou, o que difere o
Cristão do mundano e que ele se arrepende, mas se vc desejar e consumar o erro ai vc será réu.

Laringe: é um tubo sustentado por peç as de cartilagem articuladas, situado na parte superior do pescoç o, em continuaç ã o à faringe. O pomo-de-adã o, saliê ncia que aparece no pescoç o, faz parte de uma das peç as cartilaginosas da laringe.

Diafragma: A base de cada pulmã o apó ia-se no diafragma, ó rgã o mú sculo-membranoso que separa o tó rax do abdô men, presente apenas em mamí feros, promovendo, juntamente com os mú sculos intercostais, os movimentos respirató rios. Localizado logo acima do estô mago, o nervo frê nico controla os movimentos do diafragma.

No contexto do trecho lido podemos aprender que Jesus nos ensina que devemos cortar o mal pela raiz, ou seja, se alguma coisa pode nos trazer a possibilidade de pecar, devemos evitá-lo. Um exemplo simples, para este estudo da bíblia, seria assistir um determinado programa de televisão, uma novela, um seriado ou até mesmo um filme. Podemos estar falando de um “excelente” filme, mas com alguma cena de nudez parcial, ou com alguns palavrões, ou então uma comédia com piadas de duplo sentido e mulheres seminuas. Por mais que tenhamos por pretexto estarmos nos entretendo, nossos olhos e mente estão recebendo informações que não condizem com o cristianismo.

Fonte: http:///images?q=tbn:xwTQwqcBXb_seM:http:///_COnznlVzzvM/TB77O88tC-I/AAAAAAAABAQ/YLcG7SJDK85/s6655/& t=6

Na sequê ncia, orientar que na verdade nã o. Os trilhos sã o paralelos e nã o se encontram nunca. As linhas do desenho convergem para um ponto central para dar a sensaç ã o de distâ ncia, de profundidade. Esta é uma té cnica chamada de perspectiva.

Fossas nasais: sã o duas cavidades paralelas que começ am nas narinas e terminam na faringe. Elas sã o separadas uma da outra por uma parede cartilaginosa denominada septo nasal. Em seu interior há outras cavidades chamadas cornetos nasais, que forç am o ar a turbilhonar. Possuem um revestimento dotado de cé lulas produtoras de muco e cé lulas ciliadas, també m presentes nas porç õ es inferiores das vias aé reas, como traqué ia, brô nquios e porç ã o inicial dos bronquí olos. No teto das fossas nasais existem cé lulas sensoriais, responsá veis pelo sentido do olfato. Tê m as funç õ es de filtrar, umedecer e aquecer o ar.

Complementou o meu estudo nesta manhã, sobre o texto em questão. Parabéns pela iniciativa. A graça e paz do Senhor Jesus.

Explique aos alunos, que essa é a funç ã o da perspectiva. Representar objetos tridimensionais em um objeto bidimensional, ou seja, a folha de papel.

M i s s ã o V i v o s ! D e s d e 7 5 5 6 restaurando e edificando vidas! Que o bálsamo do Mestre Jesus seja derramado sobre tua existência neste dia.

Disponí vel em: http:///cdme/v8d/v8d-html/v8d-perspective-56- , acesso em 65 de setembro de 7565.

Para fechar essa aula, propor aos alunos o ví deo Perspectiva, disponí vel em: http:///condigital/modules/debaser/?id=67 , acesso em 85 de agosto de 7565. Que apresenta um interessante episó dio sobre o uso da perspectiva em uma exposiç ã o de arte. Ao final do ví deo, solicitar aos alunos que em grupo, produzam um texto sobre as aprendizagens apreendidas nesta aula.

Experimento 7 - Imagem do cubo impossí vel de Escher. Disponí vel em: http:///cdme/v8d/v8d-html/v8d-escher-56- , acesso em 65 de setembro de 7565.

Observaç ã o: Professor, veja que sã o 7 experimentos que oferecem um conjunto de aplicativos orientados para o estudo das propriedades matemá ticas das projeç õ es em perspectiva e o uso destas projeç õ es em obras de artes e fotografias. Se o seu colé gio nã o possui laborató rio de informá tica, você pode fazer download dos objetos e trabalhar com eles off-line (observe o menu “download para uso off-line”) ou em sala de aula com um projetor multimí dia.

A avaliaç ã o dos/as alunos/as pode ser feita em todos os momentos da aula: durante a leitura do texto, a construç ã o e a execuç ã o do experimento e a apresentaç ã o de comentá rios e questionamentos. A avaliaç ã o pode ser feita a partir das contribuiç õ es individuais ou das contribuiç õ es do grupo como um todo, assim como a partir do envolvimento dos/as alunos/as nas atividades solicitadas.

Com os alunos reunidos no laborató rio de informá tica, propor a resoluç ã o das atividades previstas nos experimentos disponí veis em: http:///cdme/v8d/v8d-html/v8d- , acesso em 65 de setembro de 7565.

  • Introdução e Fundamentação sobre TICS e Jogos
  • A LIDERANГ‡A COMO FERRAMENTA DO PROCESSO DE TRABALHO DO ENFERMEIRO
  • Bragança | Turismo | Viagens | Lazer | História | Cultura
  • ViaCarreira
  • Motivação transformando grupos e equipes
  • Cuidados Paliativos - Casa do Cuidar
  • ImportГўncia de requisitos pra desenvolvimento de software uzando engenharia de requisitos e governanГ§a de TI
  • A protecção dos consumidores no comГ©rcio eletrГіnico
  • Ativos intangíveis e o desempenho empresarial - SciELO
  • A ImportГўncia dos EPIS no atendimento do paciente e as diversas preucacoes.