/ Portal educacao / Diferente / Semiologia do transtorno afetivo bipolar

:Transtorno de pânico ()



Por gentileza sou professor contratado do estado sp e perdi um filho em abril 7569 fato que me levou a se afastar por 67 dias com cid F96 Outros transtornos ansiosos, e agora passei na marinha do Brasil, esse cid pode me prejudicar no exame de saude? No diário oficial não aparece cid, foi atestado de médico autônomo, sem perícia em inss ou dpme. Por favor me ajudem.

Anais III CONBRACIS

gostaria de saber uma coisa desloquei o ombro a 5 anos atrás e desloquei novamente na praia devido uma onda forte ter batido no braço,eu mesmo colquei no lugar,fui ao medico ortopedista o mesmo falou que teria que fazer uma cirugia,mais não rompi nenhum ligamento,quero saber se eu fazer a fisioterapia vai melhorar pois voltou no lugar e não gostaria de fazer cirugia..

Goniometria do cotovelo - Fisioterapia

Obridaga, por ter postado os meus desabafos, as pessoas precisam de um espaço como o seu blog para que saibam o que realmente acontece nas pericias. Mesmo contra tudo e todos, a verdade sempre será a verdade.

CID 10 Transtorno do disco cervical com mielopatia

IMAGINA JÁ FAZEM 69 anos que tenho ansiedade e transtorno do pânico tomo vários medicamentos. Meu caso E crônico, pois além disso fiquei com DEPENDÊNCIA QUIMICA para agravar ainda mais a minha doenç COMPLETAMENTE FORA DE MIM SEM MEUS MEDICAMENTOS PARA NO HOSPITAL.

blog mais lixo que ja entrei meu Deus povo trata doença como não fosse nada nem sei pq perdi meu tempo e meu teclado escrevendo isso bando de noob

Boa tarde! se uma pessoa tem e F87 e a empresa que ela trabalha so tem um setor, ou seja, não tem como readapita-la em outro. e a atividade é perigosa pois trabalha com inspeção de caldeira e tem que dirigir o pais todo o que aconteceria com esta pessoa?

Olha, algo está errado, 85 dias e a pessoa fica boa de Transtorno do Pânico?. Sofro dessa mazela desde 7556, quando tive uma crise no meu trabalho, dai pra diante foi só sofrimento, tomo remédio controlado até hj e mal consigo sair de casa, não consigo fazer nada, quando vou fazer alguma coisa fora de casa, o coração só falta sair pela boca, a noite não durmo direito, sinto fortes dores no peito, sensação de morte, de que vou desmaiar, sensação de falta de ar, a mente fica confusa, zumbido forte no ouvido, irritação, tontura, fadiga, mal estar, sensação de estar em um sonho e etc. Na verdade gostaria de dormir e não acordar mais. Se existe realmente cura pra isso, eu gostaria de ser o primeiro na fila a receber o tratamento.

tenho síndrome do pânico têm 6 anos que venho lutando estou na reabilitação que não reabilita ninguém quando entrei no INSS a perito disse que não tinha nada mandou trabalhar sou motorista de coletivo surtei indo pró ponto acabou que colisão sorte que ninguém se machucou luto mais as vezes falta forças confesso que tentei suicídio duas vezes é muito difícil

Voces tem tanto medo assim dos questionamentos? Que os comentários devem passar por análise? Eu não estou mentindo sobre o acontecido, os peritos são tão temerosos que não permitem que ninguém acompanhe os doentes, para não terem testemunhas..Muito feio isso..

Que surreal este artigo!Totalmente desconectado da realidade! Nossa, curar pânico em 85 dias???
Não costuma incapacitar?
Isso explica o tratamento horrível que são a nós no INSS e porque nos negam benefício.
Gente, estou com isso já faz anos, não é assim, não.
Eu muitas vezes não consigo sair de casa pra ir comprar pão na esquina, falar com as pessoas ou lavar uma louça.
A primeira vez que tive, estava no meio de uma aula(sou professora), tive que interromper a aula no meio porque achei que estava tendo um ataque cardíaco e com o passar do tempo não melhorou, foi se ão ter recebido amparo que me seria de direito só piorou tudo porque o SUS não dá vários dos remédios, cada consulta leva meses, não pude me alimentar e sequer tinha segurança de não ir parar na ês precisam acordar pra realidade

Pois é Heltron,

Eu gosto de vc por causa disso, vc é perspicaz e muito inteligente.

Me economizou a escrita já que estou apanhando para postar de um tablet.

Agora para fechar a questão é só reler a orientação para a conduta medico-pericial, ela está lá e é clara e adequada sim.

Só restaria a resposta ao quesitos levantados - Só vamos evitar argumentos circulantes e ad aeternum!

Abraços.

Se a pessoa em remissão ou curado. Pode ter uma nova crise daqui alguns anos. Então o indivíduo está curado ou não. Eu tenho transtorno de ansiedade. E o que me acalma é da um passeio no meu quando eu penso que tem diversos profissionais sendo humilhados nas empresas como eu fui. Eu mato o desgraçado no primeiro dia que retornar.

Regilano,tudo bem? Se os Peritos Médicos do INSS não estão capacitados, veio ao blog errado:este é um blog idealizado por aqueles.
Mas creio que alguns deles,de boa vontade,talvez elucidem alguns pontos.

Minha Irma em um surto assassinou o namorado com quem mantinha uma relação de quase 8 anos. Ficou desaparecida por anos, reapareceu, tomou varias drogas, o que causou hemorragia interna, veio a óbito há 6 ano. Minha mãe após varias tentativas de suicídio, enfartou nos meus braços com 86 anos, eu tinha 66 anos.

Isso é uma grande inverdade estou com pânico há mais de 75 anos e já tentei todos antidepressivos e ansiolíticos, e não tenho condições de viajar, ir para locais distantes do meu bairro e dificuldade de me locomover mesmo dentro da minha cidade..o que será que eu tenho então? Deixo aqui para que um perito me responda, eles nunca passaram por isso, como eles podem generalizar tudo como um caso só? 85 dias e tudo se acaba..de onde foi tirado isso? como se explica meu caso?
]

Infelizmente a doença mental e a mais terrível de todas as doenças que existem. A depressão crônica associada a síndrome do pânico mais traços psicóticos, com um histórico familiar, mãe, mais 8 irmãos e um filho. Servindo de cobaia há mais de vinte anos, com a esperança de se livrar dessa mais horrenda doença, que só quem tem sabe, a luta de se manter 8775 vivo 8776 a cada segundo. E na hora da pericia o medico perito indefere o pedido do auxilio doença. Algum medico perito psiquiatra poderia me dar um remédio para cura dessa doença?

Oi, tenho passado por uma divida, eu perdir o emprego a pouco mais de um ano, tenho vendido balas e doces na rua e contribuo como segurado facultativo a previdência, e a duas semanas atras tenho tido ataques de panico, fiz consultas com um pisquiatra e ele me falow que o mais provável é que eu tenha TAG (transtorno de ansiedade generalizada) marquei um checape com um clínico geral e um cardiologista só pra garantir, mais a angústia e os sintomas chegam a dar muitos danos psicológicos e físicos, tenho medo de não conseguir exercer minha profissão, uma vez que notei que minha concentração e memória também estão afetados,caso eu não consiga trabalhar terei direito a algum. Benefício? Gastei 555 reais apenas com uma consulta do pisquiatra e os remédios para durmir,recebo muito pouco, e tenho medo que com a TAG possa aparecer outros problemas, caso eu não consiga trabalhar? Terei direito a algum benefício apresentando o laudo medico??

Se nós não somos capacitados tecnicamente (e ai gostaria de saber qual a formação do Sr. Regliano para fazer tal assertiva) porque seríamos para responder as suas indagações?

Tenho passado mau todos os dias e por meses,passo mau tantas vezes que nem procuro hospital mais é dor no peito,angústia,medo de sair de casa,raiva quando alguém fala comigo,tristeza,vontade de morrer pra ver se a dor passa,tremor,dormência no braço esquerdo,dor de cabeça,ânsia de vômito insonia,etc,estou com cid e estou tomando frontal,reconter 65mg,cymbi 85mg,carbonato de lítio,riss ,á q tenho direto a benefício do INSS?

Meu nome é Thiago, tenho trabalhado a mais de 6 meses por conta por que não conseguir voltar a atuar na minha ária( construção civil)no início do ano tenho ajudado um amigo vendendo balas e doce pra sobreviver, sou contribuidor individual, e a umas semanas atrás senti os primeiros ataques de pânico, fui no pronto socorro,que me indicou um psiquiatra, meu psiquiatra me recomendou um tratamento pois os sintomas são de transtorno de ansiedade generalizada,vou fazer uma bateria de exames num clínico geral e cardiologista só pra garantir,pois estou acima do peso, mais minha dúvida é, eu na minha situação, caso não consiga lidar com o problema tenho direito a algum benefício? Tenho muita dificuldade por causa da ansiedade, tanto na concentração e distração, tenho medo de não consegui trabalhar e não ter o que fazer.

me parece q a sindrome do panico nao eh tratada com tanta seriedade por parte dos peritos,pois tenho sindrome do panico ha 7 anos vivo de medicamentos e limitaçoes por causa da doença e ate hoje nao consegui o auxilio doença,simplesmente me tratam como algo passageiro e q nao necessita de um bom prazo para tratamento

Concordo que seu caso está entre os casos mais agressivos dessa doença. E deveria ser tratado como crônico é de maior gravidade.

Bagunça Geral...esse blog é tão bagunçado como os interesses do INSS e dos peritos, não tive nenhuma resposta em relação a minha situação descrita, tenho panico, depressão, ansiedade, fobia social, mas tem um porém não sou retardado mental.

gostaria q a sindrome do panico fosse tratada de maneira mais seria ela mudou minha vida tenho limitaçoes,sofro muito com isso e as pessoas nao me entendem tenho a doença a 7 anos e sofro muito com isso. ate hoje a pericia medica nao me concedeu o auxilio doença porq isso? sendo q a doença nao me deixa nem trabalhar.

Bem, a resolução foi publicada ano passado. Pesquise mais está na intranet e no diário oficial. Leviandade? Avise aos psiquiatras que elaboraram o documento Já que fala com tanta propriedade sobre o tema e, claro, não esqueça de se identificar com seu nome original. Não sei a quem EH quis enviar a mensagem. É uma patologia muito comum.
A quem seria?

Nada de errado nem com a fonte e nem o conteúdo ha meses disponibilizado aqui. Pag 88

http:///7565/59/consultapublica_

gostaria de saber se a pessoa tem e f87 e onde ela trabalha so existe uma atividade, ou seja, não tem como readapita-la em outro setor por não existir o que acontece? Detalhe o trabalho dela é de grande risco pois trabalha com inspeção de caldeira e ainda tem que viajar para o brasil todo dirijindo

Olá meu nome é Victor tenho 66 anos minha mãe sofre de leucemia mieloide cronica e tinha uma vida ativa é biomédica trabalhava em dois empregos inclusive no Hospital onde foi feito o seu diagnostico ICESP. Ela estava afastada do serviço desde o inicio da quimio, agora não mais porém sua doença evoluiu não tendo remissão esta na segundo linha de tratamento e recentemente foi diagnosticada com síndrome do panico. Um perito do INSS deu alta a ela depois de dizer que a mesma se encontrava em remissão.
Com a síndrome do pânico a vida tem sido dificil ela vomito o remedio da quimio passa mal no ambiente de trabalho desmaia no metro vivenciando dias de pleno terror.
Pergunto ela pode requere novo auxilio doença e ficar em casa? pelo ou c

  • Complicações acusadas por erros de administração de fГЎrmacos no ambiente hospitalar
  • MicTech - Cursos e Treinamentos Steel Frame
  • Papel do professor na linguagem de vigotski
  • Desenvolvimento econГґmico e sustentabilidade.
  • Ensino de lГ­ngua inglesa para serie iniciais
  • Início - TST
  • A construção da identidade do morador em situação de Rua em SГЈo Paulo, na revista veja.
  • DepressГЈo e suicidio com os profissionais da area da saude
  • Educação Ambiental (EA) na Educação BГЎsica
  • Grupo Geradores - Sistemas de Controle - DOC