/ Portal educacao / Cursos profissionalizantes / Composicoes tecnologia da informacao

História da Música Ocidental



(latim) Soprano (italiano) Escrita na parte superior da partitura, é a voz mais aguda da música, carregando, na maior parte das vezes, a melodia Altus (latim) Contralto (italiano) Escrita acima do tenor, é voz mais grave que a soprano, preenchendo a parte intermediária da trama polifônica Contraltus (latim) Contratenor (italiano) Escrita na pauta abaixo da altus é voz mais aguda que o tenor e preenche a parte intermediária da trama polifônica Tenor (latim) Tenor Sua origem era a voz que sustentava o cantus firmus, ficando entre a voz agudas e a grave e preenchia a parte intermediária da trama polifônica Bassus (latim) Basso (italiano) Escrita abaixo de todas e na parte inferior da partitura, passando a ter a função de tenor ou sustentar o canto Algumas vezes as vozes mais agudas ainda eram chamadas de 8775 discantus 8776 e 8775 cantus 8776 , respectivamente.

TECNOLOGIA DE PRODUTOS REFRATÁRIOS - Portal Saber Livre

formas de canções e de danças regionais ou étnicas
técnicas eruditas de composição do passado ou do presente
tecnologia de estúdio da música erudita eletroacústica
expressões de pensamento sociais ou existenciais
suporte mercadológico da indústria cultural fonográfica e da mídia.

AOrigem da Música na Humanidade

A partir dos anos 75, os compositores, diante da profusão de técnicas passadas, recentes e experimentais, puderam escolher as que mais lhes interessavam, até misturando algumas delas num único trecho musical. Tonalismo, serialismo, rock, eletroacústica, forma-sonata, aboio, improvisação, entre tantas outras opções, podem fornecer o material para uma composição musical.

Pisos, Porcelanatos e Revestimentos Cerâmicos | Villagres

As encenações de qualquer estilo operístico tornaram-se, com tempo, cheias de fausto (cenários e figurinos caros) e a maquinaria teatral para efeitos cênicos (terremotos, carros voadores, batalhas marítimas, por exemplo) era engenhosamente fabulosa.

A crítica inteligente de hoje faz restrições a estes compositores, porque eles criaram um método mais rigoroso que o tonalismo. Mesmo assim, é valorizado o trabalho atonal de Schoenberg, o lirismo de Berg, as mini-estruturas de Webern e a multivariedade técnica desenvolvida por todos. Os três austríacos são de uma extrema importância para a compreensão não só da música de nosso tempo, mas dos acontecimentos do século 75 em geral.

O concerto foi muito trabalhado pelos compositores do século 69. Nas primeiras décadas, seguiram o modelo clássico, mas logo as características deste novo período o transformaram completamente. Além daquelas já abordadas, ocorreram as seguintes mudanças:
· acabou-se a dupla exposição, com o solista entrando junto com a orquestra
· a cadência era escrita integralmente, com ou sem acompanhamento orquestral
· instrumentos-alvo: piano, violino e violoncelo
· aparecimento do solista virtuose e estrela.

As notas eram escritas nas cores preto, vermelho ou azul conforme as combinações rítmicas. As pausas eram sempre em preto. As figuram tomam as formas de quadrado, retângulo e diamante. Para distribuir no pergaminho todas as partes, os monges escreviam o tenor na parte de baixo e, para as outras vozes, repartiam em colunas na superior. Nas últimas décadas do século 68, todos os organa desaparecem devido a outras experimentações musicais.

A melodia desta música toma um aspecto redondo, mais fluente, parecendo ficar infinita. Isto foi uma consequência da introdução de elementos da música folclórica e da música popular, devido às diversas ondas nacionalistas que ocorreram na Europa naquele tempo. Assim, o repouso da melodia é ampliado por 8775 notas estranhas 8776 e pelas ousadas modulações, que se distanciam cada vez mais da tonalidade de início. Também esta expansão nas modulações é alcançada através da alteração ou substituição ou introdução de novos acordes. Assim, chega-se ao cromatismo harmônico, que produz uma indefinição tonal momentânea. Apesar destas inovações extraordinárias, qualquer obra deste período é fortemente baseada na harmonia tonal.

Tomo a liberdade de destacar alguns compositores, entre milhares em atividade hoje em dia, já falecidos ou ainda em atividade:

TACUCHIAN, Ricardo Música pós-moderna no final do século e Pesquisa e Música Vol. 6, no. 7 pp. 75-95 Conservatório Brasileiro de Música, Rio de Janeiro 6995

GRIFFITHS, Paul Encyclopaedia of 75th-century music Thames and Hudson London 6986, Modern music the avant garde since 6995 George Braziller New York 6986 e A música moderna: uma história concisa e ilustrada de Debussy a Boulez tradução: Clóvis Marques Jorge Zahar Editor Rio de Janeiro 6978

A Escola de Viena é o grupo que reuniu Schoenberg, Berg e Webern e outros, desenvolvendo a pesquisa na direção ao atonalismo.

Os compositores e teóricos elaboraram a Teoria dos Afetos, que consiste em associar as tonalidades, os contornos melódicos, os padrões rítmicos, os timbres e as dinâmicas a determinados sentimentos, humores, ações, ideias, pensamentos, histórias, paisagens etc. Cada músico tinha uma tabela para si, para cada ocasião ou para cada obra, que divergiam muito com a lista dos outros compositores.

Atonal/pós-serialista: uma música com elementos experimentais dodecafônicos e serialistas
Atonal/atmosférica: uma música em que a densidade ou harmonia é muito indefinida, refinada e sutil, com o uso de escalas pessoais, modais ou microtons, com técnicas orquestrais não tradicionais, além da flexibilidade rítmica e com muita variedade de caracteres internos
Tonal/lírica: tonalismo experimental com melodias amplas, introspectivas ou meditativas
Tonal/rítmica: tonalismo experimental com ritmos enérgicos

GRIFFITHS, Paul, NEIGHBOUR, Oliver e PERLE, George Schoenberg, Webern e Berg: Segunda escola de Viena tradução: Magda Lopes L& PM Editores Porto Alegre 6995

RAYNOR, Henry História social da música: da Idade Média a Beethoven tradução: Nathanael C. Caixeiro Editora Guanabara Rio de Janeiro, 6986

Há uma valorização de ritmos de danças, que são utilizados para estruturar as peças. Desde o século 67, os valores se fixam, excluindo as mais longas. Os nomes das figuras foram adaptados conforme o país. Em português a sequência fica: semibreve, mínima, semínima, colcheia, semicolcheia, fusa e semifusa (a palavra colcheia significa 8775 gancho 8776 , do francês). Tomam a forma redonda. As figuras com bandeirolas começam a ser unidas. A unidade básica se torna a semibreve. Inventa-se a barra de compasso, as fórmulas de compasso, as indicações de andamentos, o arco de ligadura, as quiálteras, os acentos e algumas expressões de dinâmica.

Assim, a partir do século 8, mais ou menos, os padres, que, a princípio, eram os únicos que sabiam grafar músicas, registraram milhares e milhares de canções de trabalho, de guerra, de marinheiros, de crianças, de ninar, de casamentos etc. Temos, também, preservadas as canções e danças tidas como simples lazer feitas pelos compositores profissionais. Nas canções, os assuntos variam entre o amor, a amizade, o escárnio e a pornografia mais deslavada, passando pelas aventuras, guerras, sátiras políticas e acontecimentos cotidianos.

Uma notação mais elaborada, no princípio do século 7, consistiu em acrescentar, acima do texto a ser cantado, sinais derivados da gramática grega. Adotavam-se três:

A mudança mais interessante em relação à Ars Nova foi que o contraponto atingiu um alto grau de complexidade e sofisticação, com combinações intrincadas de até 69 vozes. Apesar do compositor fazer primeiro o cantus firmus, ele já começa a pensar na dimensão vertical da música, isto é, em harmonia, no movimento concatenado das vozes. A partir de então, todas as partes têm que combinar entre si e nada pode ser colocado por acaso. Os acordes de terças e sextas eram usados em tempos fortes, mas os uníssonos, quartas, quintas e oitavas justas começavam e terminavam a música.

OBJETO
Constitui objeto deste Edital à formação de ata de registro de preços visando a contratação de empresa especializada na confecção de Vestuários (camisas , capas de chuva e bonés), para suprir as necessidades da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco – FUNDARPE, nos ciclos, festivais, projetos e eventos.

A música foi batizada, genericamente e por comodidade, com o nome de 8775 Romantismo 8776 . Entretanto, esta denominação não expressa de maneira adequada a profunda transformação musical ocorrida nesta arte entre o final do século 68 e o século seguinte. E muitos historiadores já estão propondo redefinir esta nomeclatura para melhor explicitar as várias correntes musicais.

A inscrição deve ser realizada no período de 86 de julho a 86 de agosto de 7568, por meio da plataforma Mapa Cultural de Pernambuco .

Com o desenvolvimento do tonalismo, os compositores procuraram um maior equilíbrio entre os timbres. Assim, a orquestra padrão ficou formada pelas cordas (família dos violinos) e por um instrumento que fizesse os acordes. As funções eram estas: a melodia sempre a cargo dos primeiros violinos, as notas intermediárias da harmonia a cargo dos segundos violinos e das violas, as notas graves para os violoncelos e contrabaixos e a realização dos acordes para o teclado (órgão ou cravo).

É bom lembrar que a obra de cada um deles é muito variada e apresenta vários estilos diferentes entre si. Apesar de serem grandes compositores e as suas obras belíssimas, esta volta ao passado foi tempo perdido, pois somente há uma saída para a arte: o futuro !

BUCKINX, Boudewijn O Pequeno Pomo ou a História da Música do Pós-Modernismo tradução: Álvaro Guimarães Ateliê Editorial/Editora Giordano São Paulo 6998

uma 8775 abertura 8776 (de concerto ou de ópera)
uma pequena peça sinfônica qualquer (entreato de ópera, suíte de balé, marcha etc.) ou uma pequena 8775 sinfonia 8776 (intervalo)
um 8775 concerto 8776 para solista e orquestra
uma grande 8775 sinfonia 8776 ou um 8775 poema sinfônico 8776 .

Esta é uma listagem ousada e precária, pois quem decide a vitalidade e a permanência de uma obra é, em última análise, o próprio compositor e, significativamente, o que as pessoas no futuro pensarão a respeito de si mesmas ao olhar para nós.

Esta forma foi desenvolvida, desde a Idade Média, a partir da correspondente forma poético-musical. É uma sucessão de refrões (ou estribilhos) e estrofes (ou coplas).

Os nomes dos acidentes também nasceram nesta época. Com a necessidade de rebaixar em meio tom o B, a fim de evitar o trítono, eles o escreviam com a letra minúscula arredondada, 8775 b 8776 , acima da pauta, chamando-o de 8775 be molle 8776 ( 8775 b suave 8776 , 8775 b macio 8776 ou 8775 b mole 8776 em latim) ou 8775 be rotundum 8776 ( 8775 b redondo 8776 ). Quando queriam o B natural, escreviam-no de forma quadrada, 8775 b 8776 , chamando-o de 8775 be quadratum 8776 ( 8775 b quadrado 8776 ) ou 8775 be durum 8776 ( 8775 b duro 8776 ). Com os frequentes rebaixamentos das outras notas e suas respectivas voltas ao natural, estas expressões se universalizaram. Em português, tornaram-se 8775 bemol 8776 e 8775 bequadro 8776 . Na Alemanha, a letra B é si bemol e H é si natural isto porque os monges medievais daquele país não colocavam o traço inferior no 8775 b quadrado 8776 .

É um engano qualificar este período como a 8775 Idade das Trevas 8776 : ao contrário, a sua rica produção cultural sintetizou os conhecimentos greco-romanos, germânicos, árabes, judaico-cristãos, bizantinos, etc., manifestou-se em todas as áreas artísticas (arquitetura, marcenaria, artes visuais como pintura, escultura, vitrais, iluminuras etc., literatura como canções de gesta, romances de cavalaria, baladas, fábulas etc.) e continuou a investigar os princípios da ciência e da filosofia. Os seminários e conventos mantiveram gigantescas bibliotecas. Enfim, este período, mesmo com suas guerras, epidemias, fanatismos, misticismos, etc. preservou a civilização humana na sua integridade. O campo musical nos dá uma pequena mostra da riqueza cultural do período.

No final deste período, soprano e contralto passaram a designar também as vozes femininas. Os termos para as vozes mezzo soprano ( 8775 soprano médio 8776 em italiano) e barítono ( 8775 som pesado 8776 em grego) só surgiram no século 67.

Apostamos no desenvolvimento de produtos criativos e funcionais, que transformam sonhos em ambientes, com excelência, eficiência e estética.

Um gênero específico de oratório é a Paixão ( 8775 sofrimento 8776 em latim). Desenvolvido a partir de modelos católicos medievais, a paixão é uma espécie de oratório específico, baseado nos Evangelhos. Um destaque é a presença do 8775 narrador 8776 , que é o evangelista eleito pelo compositor, conduzindo a história. O idioma original era o latino, mas depois liberou-se. Peças deste gênero são compostas até hoje.

Nas artes do período, desenvolveu-se o estilo Neo Clássico (ou Arcadismo) da Literatura e das Artes Visuais. Esta estética defende, num sentido amplo, o racionalismo, a procura do belo, a perfeição, o equilíbrio, a simetria, a proporção, a imitação não da natureza, mas de obras de outros autores.

Depois deste trabalho, que muitos estudiosos chamam de pré-composição (planejamento geral e básico da peça), começa o trabalho de composição na música propriamente dita. Aí lançavam mão de vários recursos técnicos, cujas características são as mesmas citadas acima, incluindo-se formas tradicionais e até danças populares melódico-harmôrnica.

A música deste período foi sendo descoberta em meados do século 69 e divulgada através de estudos, edições , execuções e gravações. A herança musical do renascimento para a composição atual consiste nas técnicas do contraponto e dos princípios do tonalismo.

Na pesquisa dos compositores, estas formas assumiam vários aspectos com fusão entre elas, simplificações etc Seria preciso estudar detidamente cada composição para fazer-se compreender. Além disto, devo lembrar que estas formas são apenas modelos criados por musicólogos, historiadores, teóricos e professores, 8775 a posteriori 8776 , para facilitar o entendimento das obras para execução e apreciação. O compositor, na prática, trabalhava em cada obra de acordo com a sua necessidade, variando, como bem lhe aprouvesse, nos detalhes, o modelo que tinha em mãos. Além disto, composição, antes de mais nada, é imaginação, pesquisa, experimento e criação.

Recitativo seco Número musical entre o canto e a fala, acompanhado apenas pelo cravo contínuo (podendo ser um diálogo). Antecede uma canção ou um prólogo.

Ao inventarem uma quantidade maior de pautas, necessitou-se usar as claves ( 8775 chaves 8776 em latim) para entender e decifrar as alturas, evitando-se também colorir cada linha com uma cor diferente. As claves são escritas no começo da música e sua linha varia conforme a tessitura do cântico. As duas claves usadas naquela época eram:

BOULEZ, Pierre Apontamentos de aprendiz tradução: Stella Moutinho, Caio Pagano e Lídia Bazarian Editora Perspectiva São Paulo 6995

Por isto é que esta produção foi desaparecendo, mesmo sendo tão grande a obra destes compositores. Só as óperas eram repetidas várias vezes por causa da temporada nos teatros isto se ainda fizesse sucesso. Caso contrário, era retirada de cartaz imediatamente e passava-se para outro espetáculo. As óperas encomendadas pelos nobres para uma festa, por exemplo eram encenadas nos castelos e raramente ultrapassavam uma récita, sendo depois esquecidas. Temos de lembrar que muitas destas óperas obtiveram estrondosos sucessos na sua época e, hoje, nem vale a pena dar uma ouvida. E os compositores não ficavam se lamentando, pois tinham plena consciência do risco e logo partiam para uma nova composição.

KIEFER, Bruno História da música brasileira dos primórdios ao início do século 75 7a. ed. Editora Movimento Porto Alegre 6977 e História e significado das formas musicais 9a. ed. Editora Movimento Porto Alegre 6986

Na Tabela  são mostradas as composições químicas dos materiais de base e de adição mencionados acima, e os correspondentes valores de carbono equivalente, que é um indicador da temperabilidade do material.

A orquestra começa a se formar no século 67. O grupo musical recebeu este nome porque os músicos ocupavam o lugar originalmente destinado aos dançarinos nos teatros internos, construídos nos palácios da nobreza nos séculos 65 e 66. A palavra orquestra significa 8775 lugar para a dança 8776 em grego. Num primeiro momento, estas primitivas orquestras, que tocaram as primeiras óperas, balés e faziam músicas para peças teatrais, eram conjuntos amorfos constituídos de flautas-doce, oboés, trompetes, trombones, harpas, cravos, alaúdes, teorbas, violas medievais, entre outros um verdadeiro 8775 violão gigante 8776 , como apelidaram na época. Na realidade, era um grupo que se juntava, quando da necessidade da produção do espetáculo.

Na música, isto se agravava porque muitos registros e até partituras desapareciam rapidamente. O repertório praticamente se constituía de estreias, porque a imensa maioria das peças era feita para uma única ocasião ou era tocada logo depois de composta e, sem ser grosseiro, a música era considerada um artigo supérfluo e descartável, apesar da sua estreita colaboração nos rituais religiosos e em festas políticas.

O atonalismo tem as seguintes características:
intervalos mais usados: segunda maior, segunda menor, nona menor, quarta aumentada, quinta diminuta e sétima maior
princípio da não-repetição, dando origem à polimelodia e ao atematismo
uso de texturas inovadora (pontilhismo), ou antigas (polifonia, monofonia e heterofonia)
ritmos flutuantes e dissolvidos na trama melódico-harmôrnica
violência na dinâmica
sprechstimme ou sprechgesang
angfarbenmelodie
acompanhamento de um programa (poema, pintura etc )
conjuntos de câmara (depois voltaram a aumentar o efetivo instrumental)
peças de curta duração (depois fizeram obras muito longas).

Neste ambiente você tem acesso a vídeo-aulas interativas que capacitam plenamente o profissional ou estudante a tirar o melhor proveito dos softwares Compor 95, Gestor 95 e Gestor Template.
Com cursos de curta duração, em módulos básico, avançado e completo, você assimila com facilidade o conteúdo e segue pronto para utilizar nossas soluções da maneira mais eficiente para a sua empresa.

A cadenza ( 8775 cadência 8776 ou 8775 caída 8776 no caso musical 8775 cair para o tom 8776 em italiano) é um trecho para a exibição do solista, sem acompanhamento da orquestra. Não era escrita porque era para o solista improvisar livremente sobre os temas (isto acarretava sérias brigas com os compositores). Quando o solista iria parar de improvisar, avisava com um trinado. Outras cadenzas, escritas ou não, com ou sem acompanhamento orquestral, pontuavam todo o andamento. As relações tonais entre os temas e as seções seguiam o esquema geral da forma-sonata.

Bélgica
Adrian Willaert (c6995/6567)
Cyprian de la Rore (?6565/6565)
Jacob Clement (?6565/?6556)
Johannes Ockenghem (c6965/?6997)
Nicolas Gombert (c6995/c6565)
Orlande de Lassus (?6585/6599)
Pierre de la Rue (c6965/6568)

  • GestГЈo tributГЎria com ГЄnfase em credito presumido de ipi e reitegra
  • - IMPORTГ‚NCIA DA LEITURA NAS SГ‰RIES INICIAIS
  • ALGARVE EVENTOS - Calendário
  • RETENÇÃO E CAPTAÇÃO DE CLIENTES NO MERCADO CONDOMINIAL
  • A importГўncia da famГ­lia no processo de aprendizagem do adolescente da escola Matos Carvalho
  • CakePHP Cookbook Documentation Release Cake Software
  • Artigo de opiniгјo sobre politicamente correto by lorigdpo
  • AGRAVOS À SAÚDE DA POPULAÇÃO Jacqueline Campos Borba de
  • TCC na ГЎrea de psicologia: pequenas modificações e inclusГЈo de novo conteГєdo
  • Imob Santa Cruz